ThyssenKrupp cortará 2 mil empregos na Steel Europe

A empresa informou que pretende fechar, realocar ou vender unidades de negócios e fábricas europeias

Frankfurt – O conglomerado alemão ThyssenKrupp vai cortar mais de 2 mil empregos na divisão Steel Europe como parte de um plano para economizar cerca de 500 milhões de euros (US$ 671 milhões).

A divisão possui cerca de 27,6 mil funcionários.

A empresa informou que pretende fechar, realocar ou vender unidades de negócios e fábricas europeias e, como resultado disso, mais 1,8 mil postos de trabalho poderão ser eliminados.

As medidas devem ser implementadas durante o ano fiscal 2014/2015.

As informações são da Dow Jones.