Telefónica investiga corrupção e aponta risco no Brasil

O Brasil, principal mercado da Telefónica na América Latina, é descrito como o país "com o maior risco macroeconômico"

São Paulo – A Telefónica está conduzindo uma investigação sobre “possíveis infrações de leis anticorrupção”, segundo comunicado enviado à CNMV, o órgão regulador dos mercados de capitais da Espanha, segundo o jornal El País.

A gigante de telecomunicações espanhola não especificou onde ocorre a investigação, que foi iniciada há vários meses, mas a publicação apurou que o caso não tem origem na Espanha.

Segundo a Telefónica, a empresa tem mantido contato com autoridades em relação ao assunto e pretende cooperar com o governo, “à medida que a investigação avançar”.

No mesmo comunicado, a Telefónica alerta para riscos de deterioração das condições econômicas e políticas nos mercados em que atua, informa o El País. A empresa destaca, em especial, o risco de câmbio na América Latina e a forte desvalorização sofrida pelas moedas da região.

O Brasil, principal mercado da Telefónica na América Latina, é descrito como o país “com o maior risco macroeconômico”. A operadora aponta ainda uma possível desvalorização das divisas da Argentina e Venezuela.