Telefônica investe no Brasil um quinto do gasto na Espanha

Os outros países que mais receberam investimentos para P&D foram Argentina (67 milhões de euros) e Reino Unido (66 milhões de euros)

A Telefônica anunciou nesta segunda-feira, 20, que aumentou 9% do total de investimentos em P&D no ano passado, totalizando 1,071 bilhão de euros.

Desse total, mais da metade (586 milhões de euros) foram destinados à Espanha, aumento também de 9% na alocação de aportes para o país. Entretanto, a empresa investiu no Brasil 122 milhões de euros em 2012, o que representa apenas um quinto do total recebido pela Espanha, apesar da tendência de virar a maior operação do grupo espanhol, o que aconteceu no último trimestre.

Os outros países que mais receberam investimentos para P&D foram Argentina (67 milhões de euros) e Reino Unido (66 milhões de euros).

A Telefônica afirma que contribuiu com 8% do total investido por empresas espanholas em pesquisa e desenvolvimento. Segundo a empresa, isso faz parte da estratégia para “alcançar uma produção estável com a tendência de aumento da crise dos últimos anos”.

Uma parte significativa do aporte foi direcionado para o desenvolvimento de produtos, como o aplicativo de mensagens Tugo, lançado no Reino Unido; ou na ajuda ao desenvolvimento do sistema operacional móvel Firefox OS, produzido pela Fundação Mozilla.

A companhia destaca também serviços over-the-top (OTT) e novas tecnologias para redes de telecomunicações e novos sistemas para melhorar a gestão.

A empresa ainda destinou para pesquisas e desenvolvimento de inovação tecnológica (PD&I) 4,698 bilhões de euros em 2012, aumento de 14,39% em relação a 2011.

Desse total, 540 milhões (11,4%) foram destinados à Espanha. No Brasil, essa quantia foi de 1,338 bilhão de euros, enquanto no Reino Unido foi de 515 milhões de euros; no México foi de 473 milhões de euros; e no Chile, 350 milhões de euros.