Taxistas criam cooperativa formada só por mulheres em Belém

'Lady's Taxi' atende a região metropolitana da capital paraense

São Paulo – Desde outubro do ano passado, quem precisar de um táxi na região metropolitana de Belém pode contar com serviços da Lady’s Taxi, uma cooperativa formada exclusivamente por mulheres.

Há que possa achar a ideia um tanto quanto inusitada, mas a justificativa para a criação de uma iniciativa nesse sentido está na vivencia de qualquer mulher.

Uma simples corrida de táxi pode se tornar um pesadelo quando não raro acontecem situações de assédio por parte do profissional.

A “Lady’s Taxi” surgiu então do insight que sua fundadora, a taxista Francinete Matos, teve ao perceber que as passageiras se sentiam mais confortáveis em viagens com motoristas mulheres, como uma forma de evitar situações constrangedoras.

A cooperativa é composta atualmente por dez profissionais que já atuavam no mercado de táxis em outras cooperativas, muitas delas sendo as únicas mulheres de suas empresas anteriores.

Segundo a idealizadora do projeto, a ideia é expandir o negócio e convidar mais mulheres a se juntarem à iniciativa.