Suzano e Fibria fazem ajuste na relação de troca das ações

Ajuste se deve à mudança no número total de ações da Fibria desconsiderando as ações decorrentes de planos de opção

São Paulo – A Suzano e a Fibria anunciaram nesta quarta-feira um pequeno ajuste na relação de troca das ações no âmbito da fusão das companhias, anunciada no ano passado.

A relação de troca das ações da holding detidas por acionistas da Fibria por ações da Suzano foi ajustada de 0,4611 para 0,4613 ação.

Segundo comunicado, o ajuste se deve à mudança no número total de ações da Fibria ex-tesouraria e desconsiderando as ações decorrentes de planos de opção.

Além disso, o valor do resgate por cada ação preferencial resgatável da Eucalipto, originalmente equivalente a 52,50 reais, a que farão jus os acionistas da Fibria, a 50,12 reais. O valor será pago no dia 14 de janeiro.