Statoil compra 25% do campo de Roncador da Petrobras

Segundo a petroleira, a aquisição quase triplicará a produção da Statoil no Brasil

São Paulo – A petrolífera norueguesa Statoil anunciou hoje que fechou um acordo com a Petrobras para comprar uma participação de 25% no campo de Roncador, na Bacia de Campos.

A aquisição quase triplicará a produção da Statoil no Brasil, informou a empresa em comunicado.

A Statoil irá inicialmente desembolsar US$ 2,35 bilhões pela fatia e estará sujeita a pagamentos contingentes de até US$ 550 milhões.

“Essa transação acrescenta produção de longo prazo concreta e atrativa ao nosso portfólio internacional, fortalecendo ainda mais a posição do Brasil como área fundamental para a Statoil”, afirmou Eldar Sætre, presidente e executivo-chefe da Statoil, no comunicado.

“Estamos também satisfeitos de avançar nossa parceria estratégica com a Petrobras, ao expandir nossa colaboração técnica, compartilhando tecnologia, competência e experiência para aumentar a recuperação de petróleo e gás”, acrescentou.

Segundo o comunicado, Roncador é hoje o terceiro maior campo em operação do portfólio da Petrobras, com cerca de 10 bilhões de barris de óleo equivalente (BoE) e expectativa de volumes recuperáveis de mais de 1 bilhão de BOE.

O plano é aumentar o fator de recuperação em pelo menos 5 pontos porcentuais, ampliando o total de volumes recuperáveis restantes para mais de 1,5 milhão de BoE, detalhou a Statoil.

Roncador está em operação desde 1999 e, em novembro, produziu cerca de 240 mil barris de petróleo por dia e 40 mil BoE por dia de gás associado. O acordo impulsiona a produção da Statoil no Brasil em torno de 175%, de 40 mil para 100 mil BoE por dia.

A Petrobras continuará como operadora de Roncador, com participação de 75%.