Starbucks transforma lixo plástico de suas lojas em mobília

Investida é fruto de uma parceria com empresa especializada na criação de produtos a partir de resíduos pós-consumo

São Paulo – A norte-americana Starbucks, maior rede de cafeterias do mundo, encontrou uma forma curiosa e elegante de reutilizar os milhares de artigos plásticos usados em suas operações diariamente.

Com ajuda da empresa de inovação em materiais Pentatonic, especializada na criação de produtos a partir de resíduos pós-consumo, a marca anunciou recentemente o desenvolvimento de móveis feitos com talheres, copos e garrafas de plástico descartados em suas lojas.

Por ora, a investida limita-se às operações do Reino Unido, mas integra um plano abrangente da Starbucks para diminuir sua pegada ambiental.

De saída, o foco é o redesenho de sua icônica poltrona verde “Bean Chair”, atualmente encontrada em todas as lojas britânicas. No futuro, os resíduos plásticos também poderão dar origem a outras mobílias. A primeira poltrona fruto dessa parceria está em exposição no Festival de Design de Londres, que acontece este mês.

Para a gigante americana, a parceria com o Pentatonic representa um passo importante no compromisso da Starbucks em reduzir o impacto de suas operações no meio ambiente.

“Esta colaboração fantástica mostra como trabalhar em conjunto pode gerar soluções que impactam positivamente o meio ambiente. Estamos entusiasmados com o potencial deste projeto”, disse Ad de Hond, vice-presidente de design da Starbucks, em comunicado oficial da empresa.