S&P eleva rating da Petrobras de B+ para BB-

A agência de classificação de risco também alterou a perspectiva para a companhia para "estável", ante "negativa"

São Paulo – A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) elevou de B+ para BB- o rating em escala global da Petrobras e de brBBB- para brA o rating nacional.

O rating de perfil de crédito da empresa também foi elevado, de b- para bb-. A perspectiva é estável.

Em relatório, a S&P afirma que a Petrobras busca uma estratégia focada em acelerar a redução de sua dívida e fortalecer sua liquidez.

“Em nossa opinião, o estabelecimento da política de preços apoia a visibilidade de fluxos de caixa e uma estrutura de capital mais equilibrada. Ao mesmo tempo, embora observemos mudanças estruturais significativas na empresa e controles internos mais fortes, elas ainda estão em uma fase inicial, e atualmente a maior incerteza é sobre a capacidade da companhia de sustentar essas mudanças após possíveis mudanças na gestão e no governo”, pontuou a S&P.