Société Générale demitirá 700 nas Américas e na Ásia

Banco francês fará os cortes para fortalecer os balanços, dizem sindicatos

Paris – O banco francês Société Générale vai cortar 700 postos de trabalho em suas operações nas Américas e na Ásia, enquanto gasta menos com o empréstimo de dólares para cortar gastos e fortalecer seus balanço, afirmaram dois sindicatos nesta sexta-feira.

“Ele apresentaram em Nova York um número de 700 cortes nas Américas e Ásia”, afirmou Michel Marchet, representante da Confederação Geral do Trabalho.

Entretanto, um outro sindicato que não quer ser identificado afirmou: “Nos deram um número de 700 pessoas em Nova York e na Ásia”.

Um porta-voz do Société Générale recusou-se a comentar o assunto.