Sites de encontros podem estar à beira da separação

Companhia controladora de sites e aplicativos de encontros, como o Tinder, pode estar entre as próximas empresas de tecnologia a se dividir

Nova York – Barry Diller está muito atrás de onde a eBay Inc. e a Hewlett-Packard Co. chegaram?

A IAC/InterActiveCorp, companhia controladora do bilionário de sites e aplicativos de encontros, como o Tinder – que os solteiros usam para ver outros usuários no smartphone e encontrar um par – poderia estar entre as próximas empresas de tecnologia a se dividir.

A IAC, assim como a fabricante de chips Qualcomm Inc. e a loja virtual Amazon.com Inc., possui divisões que não precisam estar sob o mesmo teto e poderiam ser mais valiosas separadamente, de acordo com analistas.

As ações da eBay e da Hewlett-Packard tiveram um desempenho superior ao do mercado acionário dos EUA como um todo desde que anunciaram no ano passado que iriam se dividir.

Ultimamente, as separações vem representando uma porção maior das atividades de transações, de acordo com Gavin Slader, diretor administrativo do grupo de investment banking da JMP Securities, que se concentra no setor tecnológico.

Cerca de 40 por cento das transações administradas por sua equipe no ano passado envolveram algum tipo de venda de subsidiária, em contraste com apenas de 10 por cento a 15 por cento nos anos anteriores.

Seja para se livrar de unidades menores que não formam parte da essência da companhia ou para separar negócios de crescimento mais acelerado de um segmento mais voltado ao fluxo de caixa, essa tendência vai continuar, disse Slader.

“Com certeza o papo de venda de subsidiárias/separações/derivações vai perdurar”, disse ele, em entrevista por telefone. “Algumas das empresas maiores estão chegando a um ponto do velho conglomerado industrial em que elas estão sendo avaliadas com um desconto de conglomerado”.

Eis por que essas empresas são possíveis candidatas à separação:

IAC: Além dos serviços de encontros Match.com, Tinder e OKCupid, a empresa de US$ 5,5 bilhões possui os sites de pesquisa About.com e Ask.com, ademais do serviço de streaming de vídeo Vimeo.

A companhia com sede em Nova York reorganizou recentemente os sites de encontros e algumas outras posses em uma unidade chamada Match Group, o que poderia ser o primeiro passo para transformá-lo em uma outra empresa de capital aberto. Diller é conhecido por fazer alienações – ele anunciou quatro de uma vez em 2008 e também alienou a Expedia Inc. em 2005.

A IAC está tentando ganhar dinheiro com o Tinder ao criar meios para cobrar dos usuários, como a companhia fez com suas outras posses de encontros. Quando o Match Group provar que é capaz disso, a unidade poderia ficar mais bem posicionada para se tornar uma entidade independente – talvez até ainda neste ano ou no início de 2016, disse John Blackledge, analista da Cowen Group Inc. em Nova York.

Ele estima que, sozinho, o Match Group poderia ser cotado em quase US$ 5 bilhões, com base nos lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização que ele poderia gerar no próximo ano.

QUALCOMM: A maioria da renda de US$ 117 bilhões da empresa vem da venda dos chips utilizados em telefones celulares, como o iPhone, da Apple Inc., embora a maioria dos lucros seja gerada pelas taxas cobradas aos fabricantes de smartphones pelas licenças dessa tecnologia.

Já houve rumores de uma separação da Qualcomm, que tem sede em São Francisco, em duas partes, o que também poderia aliviar os desafios jurídicos e regulatórios que ela enfrenta. A companhia acabou de aceitar pagar US$ 975 milhões e fazer um desconto nos royalties cobrados sobre os aparelhos vendidos na China para resolver um inquérito antitruste, e autoridades dos EUA e da Europa também estão investigando a empresa.

Com a queda de cerca de 7 por cento nas ações no ano passado – um dos piores retornos entre as ações de tecnologia no Standard Poor’s 500 Index – a empresa poderia voltar a ser uma opção atraente para os acionistas.

AMAZON: O mercado virtual de US$ 174 bilhões poderia estar se preparando para se separar da unidade de serviços web, que cresceu e chega a ter mais de 1 milhão de consumidores em todo o mundo.

Ela vai começar a informar os resultados da Amazon Web Services em uma categoria distinta nas declarações financeiras deste ano, afastando-a do vago grupo “América do Norte, Outros” onde ela amontoada previamente.

O uso do serviço de computação na nuvem cresceu quase 90 por cento no quatro trimestre, disse a Amazon, com sede em Seattle, no mês passado.