Siemens recebe encomenda de R$ 4,5 bilhões para construção de usina no RJ

Além disso, o grupo assumirá o funcionamento e a manutenção da instalação, localizada no Porto de Açu (RJ)

Frankfurt — O grupo tecnológico e industrial alemão Siemens recebeu uma encomenda para a construção ‘turnkey’ (chave na mão) – na qual o provedor é obrigado a entregar o pedido em condições de uso imediato – de uma central elétrica de ciclo combinado em um projeto no Porto de Açu, no estado do Rio de Janeiro, avaliado em 1 bilhão de euros (R$ 4,5 bilhões).

A Siemens informou nesta quarta-feira, 3, que terá participação de um terço na holding responsável pelo projeto, a Gás Natural Açu (GNA), na qual também têm participação os grupos Prumo Logística e BP.

Além disso, a Siemens assinou um contrato de serviços a longo prazo e assumirá o funcionamento e a manutenção da usina.

A companhia alemã também fornecerá ao Brasil, pela primeira vez, turbinas da classe H.

A central elétrica, que começou a ser construída em 2018 e tem uma capacidade de 1,3 gigawatts, poderá gerar eletricidade para suprir a demanda de uma cidade com até 4 milhões de pessoas a partir do início de 2021.

O projeto GNA1 compreende a construção ‘turnkey’ da central elétrica e de um terminal para importar e fazer a regaseificação de gás natural liquefeito (GNL).