Shopping VillaLobos sofre com queda nas vendas de Natal

Movimento do centro de compras caiu após queda de viaduto

São Paulo — A queda do viaduto na Marginal Pinheiros, próximo a ponte Jaguaré, que ocorreu dia 15 de novembro, afeta todo seu entorno. Além do trânsito, o incidente causa problemas para o comércio local.

O shopping VillaLobos teve queda na visita de clientes e, consequentemente, nas vendas. A expectativa dos lojistas para a época do Natal gerou críticas à administração do shopping, que apesar de não ter culpa do incidente, tenta contornar a situação com campanhas de marketing e atrações típicas dessa época, como sorteios de prêmio e shows infantis.

Até o dia 24 de dezembro, quem for ao empreendimento tem desconto no aplicativo de corridas compartilhadas Uber ou estacionamento grátis, caso opte por ir com veículo próprio. A CET informou a EXAME que promoveu reunião com taxistas que aceitaram oferecer desconto de 40% em corridas solicitadas pela plataforma SPTaxi e que tenham origem ou destino na área afetada pela interdição.

Ainda assim, algumas lojas chegam a registrar apenas 30% do faturamento, quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Para os mais tranquilos, como uma rede do varejo de moda, os valores alcançados ainda não foram contabilizados.

Quem conta com o período das férias para faturar também pode sofrer. A unidade da rede Cinemark, por exemplo, apostou no shopping para inaugurar em agosto o Movie Bistrô, com poltronas mais largas e um novo cardápio. Procurada para entrevista, a empresa alegou incompatibilidade de agendas.

Em nota, a administração do shopping afirmou: Desde o incidente, estamos apoiando a Prefeitura de São Paulo nas obras de recuperação, acompanhando de perto as medidas tomadas e ressaltando a urgência da desobstrução da via para os moradores da região, lojistas e consumidores. Em paralelo, o VillaLobos está realizando diversas ações promocionais e eventos, em parceria com os lojistas.