Shell prevê mais aportes em pesquisa e desenvolvimento no Brasil, diz CEO

Segundo André Araújo, investimento da empresa em 2017 foi de R$ 170 milhões e previsão para este ano é de um montante "bem maior"

Rio de Janeiro – A Shell Brasil, subsidiária local da anglo-holandesa Shell, investiu R$ 170 milhões em pesquisa e desenvolvimento em 2017 e prevê que o montante para este ano será “bem maior”, disse nesta terça-feira (03) o presidente da empresa, André Araújo.

O executivo ressaltou que a petroleira completou 105 anos no país e que tem sentido recentemente um aumento da concorrência com outras empresas no Brasil.

Veja também