Ser Educacional espera atingir 500 mil alunos em 5 anos

Companhia já tem 571 polos de EAD cadastrados no Ministério da Educação e, segundo as regras para o setor, está autorizada a abrir 800 polos por ano

São Paulo – A Ser Educacional considera que tem potencial para alcançar uma base de 500 mil estudantes nos próximos cinco anos, conforme afirmou o fundador e presidente do Conselho de Administração da companhia, Janguiê Diniz. Ele participou de reunião com analistas e investidores em São Paulo.

O empresário destacou os planos de crescimento da companhia no ensino a distância. A Ser já tem 571 polos de EAD cadastrados no Ministério da Educação e, segundo as regras para o setor, está autorizada a abrir 800 polos por ano.

O presidente da Ser Educacional, Jânyo Diniz, afirmou que a companhia considera que o plano de chegar a 500 mil alunos é “factível” e pode ser alcançado até mesmo “de forma conservadora”. Ao final de setembro de 2017, a Ser tinha 150 mil estudantes.

De acordo com o presidente da companhia, a rede de polos de ensino a distância da Ser Educacional pode alcançar todo o território nacional.

A Ser partiu de um patamar de apenas 14 polos de EAD no ano passado, mas tem acelerado as inaugurações desses pontos de apoio aos alunos do ensino a distância depois que um decreto publicado este ano flexibilizou as regras para o setor.

Jânyo Diniz afirmou que a companhia considera a possibilidade de abertura de polos até em cidades com cerca de 30 mil habitantes, a depender da microrregião.

“Inicialmente pensamos em cidades com mais de 50 mil habitantes, mas, quando olhamos a microrregião, podemos entender que uma cidade com 30 mil habitantes pode ter cursos diferenciados e de alto valor agregado”, declarou.