Seis empresas mostram como tirar vantagem da simplicidade

  • Faça o teste e descubra o seu grau de simplicidade nos negócios

    Casas Bahia
    Maior cadeia de eletrodomésticos e móveis do país,
    com vendas de 4,2 bilhões de reais e lucro de 53 milhões em 2002

    Michael Klein,
    da Casas Bahia: foco no popular e aposta na tecnologia

  • Conta com um sistema eletrônico que monitora em tempo real o desempenho
    de vendas
  • Mantém o foco em consumidores de baixa renda e não terceiriza a entrega
    para assegurar-se da qualidade dos serviços
  • Lojas que apresentem faturamento abaixo de 500 000 reais por mês podem
    ser fechadas
  • Não diversifica os negócios
  • Gol Transportes Aéreos
    A novata das companhias aéreas brasileiras faturou
    700 milhões de reais e lucrou 12 milhões em 2002

    Constantino Júnior,
    da Gol: a vantagem de chegar depois

  • Possui a frota que mais voa (14 horas por dia) e com o menor tempo
    de parada em solo
  • Os pilotos recebem treinamento para abastecer onde o combustível é
    mais barato
  • A simplificação abrange aviões, serviços em aeroportos e a bordo
  • Os vicepresidentes não têm benefícios indiretos, como automóveis e
    planos de saúde
  • Assolan
    A empresa de limpeza do fundador da Arisco faturou
    170 milhões de reais em 2002

    Equipe da Assolan:
    estrutura enxuta que joga a favor do negócio

  • Confia parte das vendas a representantes comerciais e terceiriza a
    logística de transportes e armazenamento
  • Os executivos têm autonomia, mas as decisões só são tomadas com o apoio
    de pelo menos um colega do mesmo nível hierárquico
  • Os executivos não têm secretárias e são estimulados a utilizar o sistema
    de e-mail
  • Magazine Luiza
    A tradicional rede de varejo do interior paulista
    faturou 700 milhões de reais e lucrou 16 milhões em 2002

    Luiza Helena, doMagazine
    Luiza:pregadora dasimplicidade

  • Em cada área são decididas no máximo cinco metas, a fim de facilitar
    sua compreensão e implementação
  • Gerentes administram as lojas como se fossem donos
  • Há estímulo à criatividade, como o pioneirismo na utilização de multimídia
    para vender produtos em localidades que não comportariam uma loja
  • Cada vendedor é responsável por sua carteira de clientes e pela aprovação
    de crédito
  • Dell
    Líder mundial em vendas diretas de computadores

    Kahler (à esq.)
    da Dell: globalmente simples

  • Para agilizar decisões e reduzir ativos, fábrica, escritório e call
    center juntos, no mesmo local
  • As unidades não têm salas nem portas e cada diretor trabalha junto
    de sua equipe
  • Funcionários que atuam em outras cidades trabalham no sistema de home
    office
  • A venda, o suporte e os serviços são gerenciados pela própria empresa
  • Os benefícios são iguais para todos os níveis hierárquicos
  • Os funcionários utilizam a intranet para desenvolver seu plano de carreira
  • As lições de Sam
    Práticas que o fundador Sam Walton introduziu na
    Wal-Mart, a maior empresa do mundo, com faturamento de 240 bilhões de
    dólares em 2002

    Sam Walton, criador do Wal-Mart

  • Para dar autonomia aos funcionários, criou o conceito “Uma loja dentro
    da loja”, de modo que pudessem administrar departamentos como se fossem
    donos de lojas
  • Nas manhãs de sábado, líderes da Wal-Mart de todo o país seguem para
    a sede da empresa, em Bentoville, para compartilhar erros e acertos das
    lojas
  • Prêmios para boas idéias de funcionários que pudessem ser estendidas
    a todas as lojas
  • Pesquisas sistemáticas de preços de concorrentes, com análise comparativa
    de resultados por grupos de gerentes
  • São Paulo Alpargatas
    A dona das sandálias Havaianas faturou 805,3 milhões
    de reais e lucrou 82,6 milhões em 2002

    Tigre, da Alpargatas

  • Promove uma campanha de simplificação permanente com o lema “Mais,
    melhor e mais simples”. Tudo o que não agrega valor deve ser eliminado
  • Faz rodízio de cargos para estimular o envolvimento dos executivos
    com todos os produtos e as áreas e desenvolver capacidades
  • Eliminou a frota de veículos de executivos