Seara aumenta abates em planta de Amparo

Empresa quer aumentar abates para 50 mil aves por dia, atingindo a capacidade máxima, que é de 270 mil aves

São Paulo – A Seara Foods anunciou que pretende aumentar o abate na unidade Amparo, no interior de São Paulo, em 50 mil aves por dia, atingindo a capacidade máxima da planta, que é de 270 mil aves por dia.

Segundo a empresa, braço de alimentos industrializados do grupo Marfrig, o aumento de produção foi possível após o governo de São Paulo ter concedido crédito de ICMS equivalente a 5 por cento do valor das vendas no estado e para o exterior, até 31 de dezembro deste ano.

“Com esta medida, o Governo do Estado de São Paulo posicionou temporariamente a competitividade fiscal da avicultura paulista próxima aos outros grandes Estados produtores do país” disse Ivo Dreher, diretor de operações da Seara, através de nota.

A unidade de produção em Amparo pode alcançar capacidade para processar até 320 mil aves por dia caso haja investimentos adicionais. Voltada para exportações, seus produtos acessam os mercados do Japão e de outros países da Ásia e da Europa, através do Porto de Santos.

Além de Amparo, a Seara atua no Estado de São Paulo com um unidade de processamento de aves em Nuporanga, que opera atualmente à plena capacidade de 160 mil aves por dia e exporta mais de 90 por cento da sua produção para países do Oriente Médio, Ásia e Europa.

No início deste mês a Seara recebeu cinco plantas no país que eram de propriedade da Brasil Foods, como parte da troca de ativos imposta pelo Cade, órgão antitruste brasileiro, para a concretização da fusão da Sadia com a Perdigão, que deu origem à BRF.