Saudi Aramco prevê investir US$ 414 bi ao longo da próxima década

O plano é maior que o projetado ano passado, de US$ 334 bi até 2025, uma vez que a petroleira está se expandindo para novos negócios

Damman, Arábia Saudita – A Saudi Aramco planeja elevar seus investimentos para 414 bilhões de dólares nos próximos 10 anos, incluindo gastos em infraestrutura e perfuração, devido ao movimento da companhia para novos negócios, disseram executivos.

O plano de investimento é maior que o projetado ano passado pela empresa, de 334 bilhões de dólares até 2025, uma vez que a petroleira está se expandindo para novos negócios, disse nesta terça-feira o CEO, Amin Nasser.

“Estamos em vários setores agora”, disse Nasser, a jornalistas, no intervalo de uma conferência da indústria na Arábia Saudita.

O plano da Saudi Aramco inclui 134 bilhões de dólares em gastos com serviços de perfuração e relacionados e 78 bilhões de dólares para se manter o potencial de produção de petróleo, disse o gerente-geral de compras, Nassir Al Yami, em uma conferência em Dammam.

A Saudi Aramco já criou um departamento de renováveis para desenvolver projetos eólicos e solares e, no mês passado, assinou um acordo preliminar com a produtora de petroquímicos Saudi Basic Industries (SABIC) para a construção de um complexo de refino de 20 bilhões de dólares.

O projeto, que os parceiros disseram ser a maior instalação de petróleo para produtos químicos no mundo e o primeiro no reino, faz parte do esforço do governo saudita para diversificar a economia além da exportação de petróleo bruto.