Santander passa a oferecer cheque especial com taxas a partir de 4% ao mês

Quanto menor o uso do crédito, menores serão as taxas cobradas aos clientes que recebem salário pela instituição

São Paulo – A disputa pelos correntistas que recebem salários em suas instituições tem incentivado os bancos a pensarem em maneiras mais atrativas de reter clientes. O Santander é um que acaba de inovar com a criação de uma conta-corrente Light, cuja taxa do cheque especial é calculado conforme o uso do cliente: quanto menor o uso do crédito, menores serão as taxas cobradas.

Os juros começam em 4% ao mês para os clientes que utilizem até 25% do seu limite e serão de 6% para aqueles que utilizarem entre 25,01% e 50% e de 8% para quem usar acima de 50,01% do limite. O benefício das taxas será aplicável aos clientes que optarem pela conta Light, contratarem o cartão de crédito internacional e receberem o salário na instituição.

O banco já havia disponibilizado uma conta-corrente livre de tarifas para quem optasse por receber seu salário na instituição. Nela, o cliente tem isenção de tarifa tanto para conta corrente quanto para cartão de crédito e possui dez dias sem juros no cheque especial.