Santander Brasil pretende avançar em crédito à pessoa física

Banco também pretende ampliar sua fatia de mercado sem segmentos como imobiliário, consignado e pequenas empresas

São Paulo – O Santander Brasil pretende ter crescimento de dois dígitos no crédito à pessoa física neste ano e ampliar sua fatia de mercado sem segmentos como imobiliário, consignado e pequenas empresas, afirmou o presidente-executivo do maior banco estrangeiro em operação no país, Sergio Rial, nesta quarta-feira.

O executivo comentou ainda durante entrevista à jornalistas que o banco não está vendo sinais de deterioração em índices de inadimplência neste início de ano.

O banco divulgou na noite da véspera crescimento de 25,4 por cento no lucro recorrente do primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, para 2,86 bilhões de reais.