Santander Brasil perde 10 pessoas da equipe de tesouraria

O diretor da instituição, Felipe Guerra está entre os 10 executivos que estão deixando a área de tesouraria do banco

O diretor do banco Santander Brasil, Felipe Guerra, está entre os 10 executivos que estão deixando a área de tesouraria do banco, disseram duas pessoas com conhecimento direto do assunto.

Guerra e o time têm planos de criar uma gestora de fundos, disseram as pessoas, que pediram para não ser identificadas porque o anúncio ainda não é público. O Santander preferiu não comentar. Guerra não respondeu aos pedidos de comentários da Bloomberg.

O Brasil se tornou mais importante dentro dos lucros banco espanhol. A unidade brasileira teve um salto de 26 por cento nos lucros do quarto trimestre, levando o lucro anual do banco em todo o mundo a conquistar a terceira alta consecutiva.

O Brasil hoje responde por 26 por cento dos lucros do banco.