Samsung se desculpa por câncer e outras doenças causadas a funcionários

O assunto surgiu em 2007, quando um funcionário da empresa morreu de leucemia; grupos de defensores calculam que as vítimas já são mais de 200

Seul – A Samsung Electronics se desculpou publicamente nesta sexta-feira pelo câncer e outras doenças causadas aos seus funcionários, incluindo danos congênitos aos filhos das vítimas, e destacou seu compromisso de pagar as compensações econômicas fixadas.

“Não levamos a sério todas essas doenças e não resolvemos rapidamente a questão”, afirmou o copresidente da companhia, Kim Ki-nam, em um ato de desculpa pública no qual participou junto a representantes dos afetados, segundo informou a imprensa local.

O assunto surgiu em 2007, quando o funcionário Hwang Yu-mi morreu de leucemia e começaram a surgir outros casos que afetaram antigos trabalhadores de fábricas de microprocessadores e telas da Samsung.

Grupos de defensores calculam que as vítimas já são mais de 200.

“Queridos colegas e suas famílias sofreram por um longo tempo, mas a Samsung Electronics não afrontou este tema antes”, lamentou Kim.

Um comitê de mediação entre as partes anunciou um acordo pelo qual a companhia terá que pagar 150 milhões de wons (US$ 132.000) por cada caso.

Um representante do grupo que defende os afetados, Hwang Sang-ki, pai do funcionário que morreu de leucemia em 2007, expressou no mesmo ato sua esperança de que a companhia prepare um plano completo de compensação a quem sofreu doenças.

“Estou feliz que tenha podido cumprir a promessa que fiz a Yu-mi”, afirmou Hwang ao referir-se ao seu filho falecido. “Mas não posso esquecer todo o dano causado a Yu-mi e à minha família”, acrescentou. EFE