Fundo americano está de olho em 50% do Walmart Brasil

Operação brasileira da rede de supermercados atraiu um novo investidor - e ele não quer ter apenas uma pequena fatia desse bolo.

São Paulo – A operação brasileira da rede de supermercados Walmart atraiu um novo investidor – e ele não quer ter apenas uma pequena fatia desse bolo: cerca de 50% do Walmart Brasil estaria em jogo.

Segundo coluna de Lauro Jardim, de O Globo, o interessado na filial brasileira é o fundo americano de private equity Advent International. A empresa diz ter realizado investimentos no Brasil desde o início das suas atividades em São Paulo, em 1997.

A Advent foca seus investimentos em cinco principais setores: serviços e serviços financeiros; saúde; indústria, incluindo infraestrutura; varejo, consumo e lazer, incluindo educação; e tecnologia, mídia e telecomunicação.

Hoje, o fundo possui 25 empresas da América Latina em seu portfólio. No Brasil, já possui participações em gigantes como EasyInvest, Estácio/Kroton e Restoque/Dudalina.

O rumor de compra de participação no Walmart Brasil acontece em um contexto de reinvenção para a operação nacional da rede de supermercados.

Até 2015, o foco da companhia vinha sendo na integração de sistemas de todas as redes compradas no passado. Em 2016, começou um projeto piloto de melhorias nas lojas, que já atingiu 15 unidades.

A marca Walmart passa a predominar e vários ajustes foram feitos na exposição dos produtos e disposição das gôndolas na loja. Recentemente, a rede anunciou a integração entre lojas físicas e e-commerce – antes, as áreas possuíam até escritórios distintos.

Atualizado às 13h51 em 22/01/2018.