Repsol YPF suspende operações na Líbia

Empresa conta com nove blocos de exploração no país, uma superfície de 20,7 mil quilômetros quadrados

Madri – A companhia petrolífera Repsol YPF anunciou nesta terça-feira que suspendeu suas operações na Líbia “diante da situação de violência e incerteza” no país.

Um porta-voz da companhia disse à Agência Efe que a empresa está trabalhando para garantir a segurança de seus trabalhadores no país norte-africano.

Na Líbia, onde está presente desde a década dos anos 1970, a empresa conta com direitos de exploração mineral sobre nove blocos, oito de prospecção e um de produção, que somam uma superfície de 20.709 quilômetros quadrados.

Conforme os últimos dados publicados, correspondentes a 2009, a Repsol extraía na Líbia 34.777 barris equivalentes de petróleo ao dia, o que representava 3,8% de sua produção no mundo todo.

As ações da Repsol YPF caíam nesta terça-feira 1,84%, até 23,50 euros (US$ 32,12) na Bolsa de Madri, minutos após anunciarem a notícia, embora a queda chegou a superar 2% durante a manhã.