Repsol apresenta processo contra Chevron por acordo com YPF

A petrolífera espanhola considera que a Chevron tenta apropriar-se ilicitamente de ativos, após sua desapropriação na Argentina

Nova York – A companhia petrolífera espanhola Repsol apresentou nesta terça-feira um processo em um tribunal federal de Nova York contra a americana Chevron pelo acordo que esta última fechou com a YPF, informaram à Agência Efe fontes da companhia.

‘A Chevron, com pleno conhecimento de causa, fez um acordo com representantes ilegítimos da YPF’, explicou a fonte, que revelou que o processo solicita ao tribunal ‘a anulação do acordo e uma compensação econômica’ cuja quantia não soube afirmar.

A petrolífera espanhola, que já havia advertido durante sua desapropriação da YPF na Argentina em maio que tomaria ‘todas as medidas a seu alcance’ para defender seus direitos, considera que a Chevron tenta apropriar-se ‘ilicitamente’ dos ativos de um terceiro.

A companhia argentina YPF e a americana Chevron assinaram em setembro um memorando de entendimento para ‘explorar oportunidades de desenvolvimento de hidrocarbonetos não convencionais’ na área de Vaca Muerta, na província argentina de Neuquén.

A companhia americana reagiu à ação da Repsol ao afirmar que ‘não há nenhuma base jurídica para esse processo contra a Chevron Corporation, assim como também não haveria para uma ação contra a Chevron Argentina, a empresa independente que assinou o memorando de entendimento com a YPF em setembro passado’.

‘A Chevron Argentina reafirma a legitimidade de seu memorando de entendimento’, acrescentou a empresa.

Além disso, a companhia mantém ‘seu firme compromisso na relação comercial de longa data com a YPF e em contribuir para que a Argentina alcance seu objetivo de voltar à autossuficiência energética’. EFE