Repasse do Tesouro irá para funding do BNDES

Em 2014, os desembolsos do banco de fomento deverão ser menores do que em 2013, quando atingiram R$ 190 bilhões

São Paulo – O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, que o repasse de R$ 30 bilhões do Tesouro para a instituição, autorizado em junho, “deverá ser utilizado no funding” da instituição até o fim deste ano.

Em 2014, os desembolsos do banco de fomento deverão ser menores do que em 2013, quando atingiram R$ 190 bilhões. Ele não citou quanto alcançarão os financiamentos deste ano.

No primeiro semestre, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, chegou a comentar que o montante atingiria R$ 150 bilhões em 2014.

Do total dos desembolsos de R$ 190 bilhões do BNDES em 2013, R$ 62,2 bilhões foram dedicados à infraestrutura, R$ 58 bilhões à indústria e R$ 51,5 bilhões para Comércio e Serviços. De acordo com o banco de fomento, a participação de quase um terço dos financiamentos totais para infraestrutura que foi alcançada no ano passado deverá ser pelo menos mantida em 2014.