Xinhua Silk Road: setor de sensores projeta concentração de empresas em Zhengzhou, na China Central

ZHENGZHOU, China, 12 de novembro de 2019 /PRNewswire/ — Diversos projetos do setor de sensores serão estabelecidos na Zona Nacional de Desenvolvimento de Alta e Nova Tecnologia de Zhengzhou, na província de Henan, na China Central, de acordo com contratos assinados recentemente, durante a Cúpula Mundial de Sensores de 2019, realizada na cidade de 9 a 11 de novembro.

Entre os projetos, estão um parque tecnológico de equipamentos robóticos inteligentes a ser construído pelo Instituto de Tecnologia de Harbin, o projeto de sensores infravermelhos e térmicos a ser desenvolvido em conjunto pela Henan Relations Co., Ltd e pelo Instituto de Engenharia Elétrica da Academia Chinesa de Ciências e o projeto do sensor de hidrogênio a ser desenvolvido conjuntamente pela Zhengzhou Road & Bridge Construction Investment Group Co., Ltd. e pela Suzhou Topline Technologies Co., Ltd.

Com a reunião de mais projetos relacionados a sensores, o Vale do Sensoriamento Inteligente (Intelligent Sensing Valley) da China (Zhengzhou), planejado para ser desenvolvido na Zona Nacional de Desenvolvimento de Alta e Nova Tecnologia de Zhengzhou, deverá se tornar uma base nacional do setor de sensores inteligentes no futuro.

Em um esforço para desenvolver o setor de sensores, Zhengzhou, capital da Província de Henan, elaborou o plano de desenvolvimento do setor de sensores e introduziu um conjunto de políticas de suporte para o desenvolvimento do setor de sensores. Até agora, formou uma cadeia de múltiplas categorias do setor de sensores, nas áreas de gás, meteorologia e agricultura, com a Hanwei Electronics Group Corporation, sediada na Zona Nacional de Desenvolvimento de Alta e Nova Tecnologia de Zhengzhou, tendo crescido para se tornar uma das principais empresas de sensores da China.

A Cúpula Mundial de Sensores de 2019, organizada pela Sociedade de Instrumentos e Controle da China e promovida em conjunto por cinco organizações internacionais, incluindo o Instituto de Medição e Controle, a Aliança de Automação de Kyoto e a Fundação OPC (China), fornece uma importante plataforma para o intercâmbio e cooperação globais. Deverá exercer um forte papel na promoção da construção da base nacional do setor de sensores inteligentes em nível de 100 bilhões em Zhengzhou.

Mais de dez acadêmicos chineses e estrangeiros e especialistas de 12 organizações internacionais, de 8 países e regiões, incluindo os Estados Unidos, Japão, Alemanha, Grã-Bretanha, Itália e Coreia, participaram da cúpula e compartilharam suas visões sobre o desenvolvimento e as demandas do mercado por sensores inteligentes no futuro. A exposição do setor de sensores, realizada durante o mesmo período, atraiu cerca de 300 empresas bem-conhecidas do setor de sensores doméstico e internacional, entres as quais a Microsoft, a Siemens, a Honeywell e outras empresas listadas na Fortune 500.

Confira o link original: https://en.imsilkroad.com/p/309303.html

FONTE Xinhua Silk Road Information Service