Xinhua Silk Road: Heihe, no NE da China, se torna canal essencial de logística até a Rússia

BEIJING, 23 de setembro de 2019 /PRNewswire/ — Com o lançamento da cerimônia de início do hub de logística Heihe-Yuexing da interfronteiriço China-Rússia realizado recentemente na cidade de Heihe, na província de Heilongjiang, no nordeste da China, fazendo de Heihe um canal de logística essencial ao impulsionamento do comércio internacional fronteiriço entre China e a Rússia.

A cerimônia de lançar os fundamentos para o hub de logística Heihe-Yuexing interfronteiriço China-Rússia em 17 de setembro de 2019. (PRNewsfoto/Xinhua Silk Road Information Se)

Vale salientar que um total de 16 contratos abrangendo vários projetos foram assinados durante a cerimônia, com um investimento total de 7,65 bilhões de yuanes.

O hub de logística Heihe-Yuexing interfronteiriço China-Rússia foi estabelecido pelo Grupo Yuexing com sede em Xangai, um importante e abrangente grupo na China. Seu principal negócio cobre o comércio urbano, a cadeia doméstica, customização de espaço, indústria de turismo cultural e produção industrial.

A cerimônia de início para a seção de Heihe da Zona Piloto de Livre Comércio da China (Heilongjiang), o hub de logística Heihe-Yuexing interfronteiriço China-Rússia, em 17 de setembro de 2019. (PRNewsfoto/Xinhua Silk Road Information Se)

Como portão da província de Heilongjiang e fazendo fronteira com a Rússia, Heihe estabeleceu relações amistosas com Blagoveschensk, Rússia, nas áreas de economia, tecnologia e educação. Seu comércio com a Rússia tem crescido constantemente por muitos anos.

O estabelecimento da seção da zona de livre comércio (FTZ) de Heilongjiang em Heihe representa uma nova oportunidade histórica visto ter se tornado uma das primeiras cidades abertas ao longo da borda da China em 1992, declarou Qin Enting, líder da cidade de Heihe, acrescentando que Heihe deve se esforçar para unir-se a Blagoveschensk a fim de construir um cluster de desenvolvimento interfronteiriço ao longo da fronteira China-Rússia.

Em agosto deste ano, o governo anunciou o plano mestre para a Zona Piloto de Livre Comércio da China (Heilongjiang). De acordo com o plano, a seção de 20 quilômetros quadrados em Heihe vai desenvolver principalmente indústrias como verduras frescas, logística comercial, turismo, saúde, finanças fronteiriças, em um esforço para edificar na cidade um hub de logística interfronteiriço ao longo dos portos da fronteira, bem como uma base essencial para a cooperação de trocas entre China e Rússia.

Além disso, a cerimônia atraiu representantes de mais de 20 empresas listadas entre as 500 maiores companhias da China em Heihe, em busca de oportunidades de negócios em potencial.

Ver o link original: https://en.imsilkroad.com/p/308449.html 

Foto – https://mma.prnewswire.com/media/999257/1.jpg
Foto – https://mma.prnewswire.com/media/999258/2.jpg

FONTE Xinhua Silk Road Information Service