Venus Medtech ingressa no mercado norte-americano

Primeira implantação clínica da válvula pulmonar transcateter VenusP-Valve da América do Norte foi realizada com sucesso em Vancouver, Canadá

HANGZHOU, China, e VANCOUVER, Canadá, 14 de junho de 2018 /PRNewswire/ — Em 12 de junho de 2018, o St Paul ‘s Hospital de Vancouver, Canadá, com êxito concluiu dois casos de implantação da válvula pulmonar auto-expansível VenusP-Valve. Esta foi a primeira apresentação dos produtos de válvula transcateter da Medtech na América do Norte. O ritmo de internacionalização da empresa continua avançando.  

Embora o tratamento cirúrgico das doenças cardíacas congênitas tenha sensivelmente evoluído nas décadas recentes, as operações envolvendo o trato de saída ventricular direito (RVOT, em inglês) podem ainda resultar em regurgitação pulmonar crônica, necessitando da implantação cirúrgica ou percutânea da válvula pulmonar.

A implantação percutânea da válvula pulmonar surgiu como uma alternativa de sucesso à sua implantação cirúrgica nesses pacientes. Entretanto, as válvulas percutâneas expansíveis por balão atualmente disponíveis são somente adequadas para tratos de saída reconstruídos com tubos cirúrgicos cilíndricos. Tradicionalmente, o tratamento da regurgitação pulmonar, em cenário de prévio aumento do patch do RVOT, tem se limitado à intervenção cirúrgica. Isto se deve principalmente à limitação dos tamanhos disponíveis das válvulas expansíveis por balão em relação aos, com frequência, severamente dilatados tratos de saída.

A válvula VenusP-valve auto-expansível foi especificamente desenvolvida para uso percutâneo em RVOTs naturais, para superar o desafio dos tratos de saída alargado, e pode preencher as necessidades de mais de 85% dos pacientes que desejam evitar a esternotomia e o by-pass cardiopulmonar durante a cirurgia tradicional de substituição valvar.

O procedimento foi realizado em dois pacientes que haviam sido previamente tratados da tetralogia de Fallot via correção cirúrgica com patch. O Dr. Ronald G Carere e o Dr. Mounir Riahi (do St Paul ‘s Hospital, Canadá) concordaram com o Dr. Shakeel Qureshi (Evelina Children’s Hospital, Grã Bretanha) e o Dr. Gejun Zhang (Fuwai Hospital, China) que estes pacientes estavam em maior risco de reventriculotomia e que os produtos de válvula pulmonar transcateter atualmente disponíveis não se adequavam a estes casos. A equipe de especialistas elegeu a VenusP-Valve o dispositivo mais adequado para atender à essa necessidade em aberto. O Dr. Carere disse: “A VenusP-Valve teve um belo desempenho e tem um sistema de fornecimento fácil de operar. Estamos felizes de ter esse dispositivo em nosso centro e esperamos que venha a ser largamente disponibilizado no Canadá”.

Nos últimos anos, os sistemas de válvulas cardíacas artificiais transcateter desenvolvidos pela Venus Medtech cada vez mais têm chamado a atenção de todo o mundo. O teste clínico mundial de diversos centros da VenusP-Valve – a caminho – recebeu mais de 200 inscrições de aproximadamente 30 países de todo o mundo. A VenusP-Valve foi primeiramente implantada no Canadá, marcando seu ingresso oficial no mercado norte-americano, e a empresa deve oficialmente iniciar o teste clínico da FDA em 2019.

 

Foto – https://mma.prnewswire.com/media/705763/Transcatheter_Pulmonary_Valve_VenusP_Valve_PT.jpg

 

FONTE Venus Medtech (Hangzhou) Inc.