Novo relatório mapeia sete áreas críticas na transformação do setor energético e pede ações drásticas quanto ao clima

O relatório do RMI “Sete desafios para a transformação do setor energético” descreve um caminho para que os líderes mundiais e os principais atores do setor de energia amenizem a crise climática na próxima década.

BOULDER, Colorado, 18 de novembro de 2019 /PRNewswire/ — O Rocky Mountain Institute (RMI) lançou, hoje, um novo relatório, Sete desafios para a transformação do setor energético, durante três eventos internacionais interligados em Délhi, Pequim e Nova Iorque. Os eventos – denominados “EMERGE” – reuniram os principais atores e catalizadores do setor de energia em todo o mundo para marcar o início de uma iniciativa global para acelerar a transição energética e atenuar a crise climática.

O relatório descreve a visão da RMI em relação às áreas críticas que demandam ações coletivas nos próximos três a cinco anos que manterão o aumento da temperatura bem abaixo dos 2 ºC. O relatório identifica pontos críticos para rápida mudança que podem ser alcançados por meio de investimentos, políticas revolucionárias, parcerias entre setores e outras iniciativas. O documento chama atenção para a necessidade de ações decisivas e do trabalho conjunto por parte dos cidadãos, corporações, instituições filantrópicas, líderes subnacionais, órgãos reguladores e criadores de políticas em novas maneiras de avançar fronteiras já antigas e elevar a escala das tecnologias, novas e já existentes.

“Por meio do trabalho conjunto, as instituições públicas e privadas podem valer-se das forças de Mercado para acelerar drasticamente o emprego de tecnologias baseadas em energia limpa”, comentou Richard Kauffman, presidente da Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Energético do Estado de Nova Iorque. “Me orgulho de que o Estado de Nova Iorque demonstre de que maneiras essas parcerias trazem um bom progresso em relação às nossas metas climáticas.”

Os eventos servem como ponto de partida para que os maiores pensadores e catalizadores do setor de energia da Índia, China e dos EUA avaliem os sete desafios e desenvolvam ideias inovadoras e impulsionadas pelo mercado que transformarão uso da energia em todo o mundo. Orientados pelo relatório, os grandes líderes dos setores público, privado e filantrópico poderão identificar, juntos, os principais pontos que podem beneficiar o aumento massivo de escala de soluções com zero emissão de carbono. O trabalho em progresso, parte de uma iniciativa de diversos anos iniciada pelo RMI, está sendo levado a cabo por uma série de laboratórios globais para que os principais atores do setor firmem parcerias poderosas entre os segmentos e possam impulsionar um impacto exponencial.

“A hora de agir é agora”, disse Jules Kortenhorst, CEO do RMI. “A janela de oportunidade para evitar as consequências mais graves está se fechando rapidamente. O relatório, e nossos esforços para mobilizar os maiores líderes do mundo em busca de uma solução conjunta, é um primeiro passo crucial para que a mudança urgente e necessária ocorra.”

Para baixar o relatório, acesse https://rmi.org/seven-challenges-report

Contato de imprensa:

Nick Steel
Rocky Mountain Institute
nsteel@rmi.org 

FONTE Rocky Mountain Institute