Mercado de consignado cresce e se torna opção mais viável de empréstimo

SÃO PAULO, 12 de novembro de 2019 /PRNewswire/ — A decisão de fazer um empréstimo pessoal deve ser sempre bem avaliada para não se tornar, mais tarde, uma dor de cabeça. Entre as opções de crédito disponíveis no mercado o mais barato é o consignado, que além de trabalhar com taxas de juros menores que o crédito pessoal e o cheque especial, também permite maior controle por parte do consumidor. A concessão de crédito consignado não pode comprometer mais que 35% da renda ou salário do tomador do empréstimo. É o que mercado chama de empréstimo saudável.

Essas vantagens justificam o crescimento do crédito consignado no país. Nos nove primeiros meses do ano, as concessões foram de R$ 191,5 bilhões, 36% a mais do que em igual período de 2018, segundo dados do Serasa Experian.

A taxa de juros do consignado está entre as menores do mercado, chega a ser mais da metade das taxas cobradas nos empréstimos pessoais, que em média chegam a 5,32% ao mês. No empréstimo consignado a média dos juros mensais é de 1,89%.  Os números são do Banco Central do Brasil.

Em relação ao cheque especial, diferença é bem maior. Enquanto a cobrança de juros no empréstimo consignado chega a uma média de 42,8% ao ano, no cheque especial os juros sobem para 327% ao ano, de acordo com um levantamento do Banco Central.

Os juros aplicados ao crédito consignado variam de acordo com a modalidade do empréstimo, que pode ser voltado para aposentados e pensionistas do INSS, para servidores públicos e para funcionários de empresas privadas. O empréstimo consignado para a pessoa aposentada ou pensionista do INSS conta com a menor taxa de juros: média de 1,83% de ao mês; os servidores públicos, que têm emprego com a garantia de estabilidade, pagam em média 1,89% ao mês pelo crédito. O servidor privado também tem vantagem ao buscar o empréstimo consignado, pagando em média 2,67% pelo crédito, taxa bem menor que as outras formas de empréstimos disponíveis no mercado.

Gestão

Nos estados de Goiás e Maranhão e nas prefeituras de São Luís e Maceió a operação de empréstimo consignado é ainda mais simples e vantajosa para servidores públicos. A gestão do crédito e mediação da relação entre pessoas físicas, bancos e instituição pública é realizada pela Neoconsig, empresa especializada no serviço e com mais de 10 anos de mercado.

A plataforma desenvolvida pela empresa e utilizada por órgãos públicos e bancos é 100% online, o que agiliza o controle das margens consignáveis, auxiliando no lançamento de descontos em folha de pagamento e facilitando o acesso a relatórios e histórico de transações realizadas.

Por meio do serviço prestado pela empresa, nas Centrais de Atendimento Use Mais ou por telefone, o servidor público tem acesso às melhores taxas e opções de margens consignáveis mais baixas do mercado. Por outro lado, a instituição financeira garante maior assertividade nas transações e o órgão público reduz esforços operacionais.

FONTE Neoconsig