Jéssica Messali faz o Iron Man 70.3 em Maceió tornando-se a primeira Triatleta Paraolímpica a concluir essa prova na América Latina

SÃO PAULO, 21 de agosto de 2019 /PRNewswire/ — O sonho de participar das Paralimpíadas de Tóquio em 2020 nunca esteve tão próximo para Jéssica Messali. Um dos principais nomes do Paratriathlon brasileiro, a triatleta paralímpica está em preparação para o Mundial, que ocorrerá em setembro, na Suíça no qual garante a vaga para os Jogos Paralímpicos do ano que vem.

Jéssica Messali (PRNewsfoto/Jéssica Messali)

Como parte da preparação, Jéssica disputou o Iron Man 70.3, em Maceió, no início de agosto e mostrou o porquê de ser uma das esperanças de medalha para o Brasil em 2020. Com meta de 6 horas no tempo total, ela concluiu o percurso de 1.900m de natação em 44 minutos, 90km de ciclismo em 3h30m, e 21km de corrida em 1h21m, totalizando 5h57m, com esse tempo espetacular tornou- se a primeira mulher cadeirante da América Latina, á concluir um Iron Man 70.3 e para 2020 já almeja concluir o Iron Full composto pelo dobro das distâncias acima. Vale lembrar que a categoria PTWC Feminino irá ter sua estreia em Tóquio 2020.

Jéssica Messali é paraplégica desde os 26 anos de idade, quando um acidente automobilístico causou uma lesão medular. Ela iniciou a prática esportiva como parte de sua recuperação e em menos de dois anos já fazia parte da Seleção Brasileira de Paratriathlon.

“Nada disso seria possível sem o apoio daqueles que estão ao meu redor” diz Jéssica Messali. Com o patrocínio da TBRG Group, ela consegue voltar seu foco 100% para os treinamentos, alimentação e preparação. Além disso, ela conta com o apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro. Assim, Jéssica consegue desfrutar de toda a estrutura do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, um dos mais completos do mundo.

Assessoria de Imprensa
Azure Agencia de Publicidade e Propaganda
contato@azureagencia.com
(71) 99271-1772
Instagram: Jéssica Messali 

FONTE Jéssica Messali