Coletivo Pink 2019: Festival de Arte e Cultura de São Paulo e exposição de fotos com de 30 pacientes de câncer de mama estão em cartaz na Casa das Rosas

Festival de Arte e Cultura de São Paulo e exposição Artemisa: Frida, a coragem do Pink no Outubro Rosa são algumas das atrações culturais do Coletivo Pink. O projeto reúne instituições oncológicas, juntamente com a Pfizer, e apresenta música, teatro, cinema, debates e oficinas com a temática do câncer mais comum entre as brasileiras

SÃO PAULO, 10 de outubro de 2019 /PRNewswire/ — Um homem e 29 mulheres diagnosticados com câncer de mama compõem o elenco das vidas retratadas nos painéis da exposição Artemisa: Frida, a coragem do Pink no Outubro Rosa, que ficará em cartaz até o dia 20 de outubro, na Casa das Rosas, em São Paulo. A mostra faz parte do Coletivo Pink – Por um Outubro Além do Rosa, um projeto que dialoga com toda a sociedade e dá voz para quem enfrenta o câncer de mama. A programação completa inclui apresentações musicais e teatrais, shows, cinema e oficinas.

Exposição retrata um homem e 29 mulheres diagnosticados com câncer de mama

A exposição é uma homenagem à paciente Elfriede Galera, conhecida como Frida, que enfrentou o câncer de mama metastático por aproximadamente 10 anos, sempre com leveza, alegria e atitude positiva.

As pacientes retratadas na exposição posaram para a lente do renomado fotógrafo Márcio Scavone. “O retrato começa na conversa, no olhar, no jeito, na observação, cabendo ao fotógrafo mostrar o que o retratado está tentando esconder. Porém, percebi que elas e ele, pois há um homem nesse grupo, não tinham nada para esconder. Fui banhado por vida, no seu mais alto grau”, diz. Todas as fotos foram customizadas com elementos artísticos que remetem à temática, pelas mãos da artista Sandra Martinelli. “Tentei interagir com cada uma dessas mulheres fortes e lindas por meio da pintura, unindo aquilo que eu sabia sobre elas com uma flor da natureza, para que sua beleza, perfume e raridade tivessem uma relação com aquilo que elas viveram”, completa.

No site do projeto (www.coletivopink.com.br) é possível saber mais sobre a história dos participantes da exposição, que conta também com painéis que trazem os depoimentos de cada paciente, além de dados epidemiológicos, esclarecimento de mitos e outras informações sobre o câncer de mama.

Música, teatro e cinema no jardim
Da música clássica ao forró, passando pela sofisticação da ópera e pela brasilidade do samba. A eclética programação do Coletivo Pink, sempre às sextas-feiras e domingos, reúne atrações como Jazzmim Combo (Jazz/MPB), As Choronas (Choro), Pé de Manacá (Forró), Priscila Amorim (MPB), Edna Oliveira (Clássica e Ópera) e Samba da Rainha (Samba).

Complementando a programação, que faz parte do Festival de Arte e Cultura de São Paulo, as artes cênicas estão sendo representadas pelo Choque Rosa, Kiara Terra, contadora de histórias que convida o público a partilhar as próprias experiências e por meio do projeto Domingueira de Histórias, do Instituto Viva & Deixe Viver, que que será apresentado no dia 20, trazendo histórias relacionadas a cuidado, carinho, saúde e prevenção. Haverá também o Cinema no Jardim, que exibirá filmes ligados ao universo feminino e às temáticas em discussão, como “Ma Ma“, com Penelope Cruz (dia 10 de outubro) e “Já Estou com Saudades”, estrelado por Drew Barrymore e Toni Collette (dia 17 de outubro).

Oficinas emprestam novas cores para a Casa das Rosas
Workshops gratuitos compõem uma programação inspiradora no Coletivo Pink 2019. Oficinas de Desenho, de Ervas, de Feltragem e de Flores, além de Trilha do Macramê, Escrita Criativa, Livros Criativos Bordados, Foto em Celular e Crochê Livre são algumas das opções abertas ao público. No site do Coletivo, é possível conhecer a programação completa e preencher os formulários de inscrição para as aulas que exigem reserva de horário ou dispõem de vagas limitadas.

As vozes do Coletivo Pink
Com a participação das principais associações de pacientes oncológicos do Brasil, a segunda edição do Coletivo Pink é resultado das vozes do Instituto Oncoguia, Instituto Vencer o Câncer (IVOC), Amor e União Contra o Câncer (AMUCC), Fundação Laço Rosa, Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (Imama), Fundação Nossa Casa, Meninas de Peito, Todos Juntos contra o Câncer (TJCC) e Instituto Frida Galera, juntamente com a Pfizer. Todos unidos com o firme propósito de fazer a diferença neste Outubro Rosa.

SERVIÇO GERAL
Projeto: Coletivo Pink – Por um Outubro Além do Rosa
Duração: Até 20 de outubro de 2019
Horário: Terça-feira a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 18h
Endereço: Avenida Paulista, 37, Bela Vista, São Paulo (Metrô Brigadeiro)
Inscrições: www.coletivopink.com.br

Contato para a mídia:
CDN Comunicação
Moura Leite Netto
moura.netto@cdn.com.br
(11) 3643-2785

Foto – https://mma.prnewswire.com/media/1008669/Coletivo_Pink.jpg

FONTE Pfizer