Regulador britânico estabelece preço mínimo de 14 libras por ação da Sky

A Fox e a Comcast estão brigando pelo controle da Sky, e Comcast e Disney disputando compra da maior parte dos ativos da Fox

Londres – O órgão regulador de aquisições do Reino Unido decidiu que a Disney deve oferecer 14 libras por ação da Sky se for bem-sucedida em comprar a Twenty-First Century Fox, de Rupert Murdoch, em uma decisão-chave na disputa pela emissora de televisão.

O preço estabelecido pelo Painel de Aquisições na sexta-feira é o mesmo da atual oferta da Fox para os 61 por cento da Sky que ainda não possui, o que avalia o negócio de televisão paga listado em Londres como um todo em 24,5 bilhões de libras (32,2 bilhões de dólares).

Mas está abaixo da oferta da gigante norte-americana Comcast de 14,75 libras por ação da Sky, dando um valor para a empresa de 25,9 bilhões de libras.

A decisão do Painel é importante para os investidores, uma vez que estabelece um novo preço mínimo mais alto para as ações da Sky.

Sky, Fox, Disney e Comcast estão envolvidas em várias disputas interligadas de aquisição, com a Fox e a Comcast brigando pelo controle da Sky, e Comcast e Disney disputando a compra da maior parte dos ativos de TV e filmes da Fox, incluindo 39 por cento da Sky.