Quem senta no conselho?

Como escolher direito

Contar com um conselho de administração formado por profissionais tarimbados pode fazer a diferença no desempenho de uma empresa. Até aí, nada de novo. Mas como recrutar as pessoas certas? Veja algumas recomendações de quem se ocupa dia a dia com esse tipo de caça — os americanos Charles King e Caroline Nahas, diretores da Korn/Ferry, empresa especializada em seleção com sede em Los Angeles:

  • O primeiro passo é definir as características do conselheiro desejáveis para as necessidades específicas da empresa. Isso requer uma revisão de para onde vai o negócio, no curto e no longo prazo.
  • Convém avaliar o perfil das pessoas que já fazem parte do conselho e identificar as características humanas ou bagagens de experiência prática que ainda não estão representadas no grupo.
  • É bom não se apoiar apenas na rede de contatos pessoais dos executivos da empresa. Pesquise o maior número possível de candidatos.
  • Considere a possibilidade de fazer uma mescla de executivos-chefes ou sócios de empresas em atividade com recém-aposentados, sócios de consultorias, acadêmicos e executivos do Terceiro Setor.