Quem é Sérgio Rial, o novo presidente do Santander Brasil

O executivo acompanhou Zabalza na disputa pela filial brasileira do HSBC, que foi adquirida pelo Bradesco em agosto

São Paulo – O Santander Brasil anunciou hoje, 9, a mudança em sua presidência. Sérgio Rial irá substituir Jesus Zabalza, que ocupava o cargo de presidente desde abril de 2013.

Rial foi escolhido pela banqueira Ana Patrícia Botín, herdeira do grupo espanhol, e está no Santander desde fevereiro deste ano, como membro do conselho.

O executivo acompanhou Zabalza na disputa pela filial brasileira do HSBC, que foi adquirida pelo Bradesco em agosto. Ele será o quarto presidente do banco, desde que o Santander comprou o ABN Amro Real, em outubro de 2007.

Carreira

Antes do seu papel no banco, ele passou pela Marfrig e diversas instituições financeiras.

Por 18 anos, até 2002, exerceu diversos cargos no banco ABN Amro. Aos 39 anos, ele passou a fazer parte do seu conselho de administração.

Depois, foi diretor da área de investimentos do banco Bear Stearns em Nova York – que foi adquirido pelo JP Morgan Chase em 2008.

Também passou pelos conselhos dos Fertilizantes Mosaic e do fundo de investimentos CarVal Investors, onde foi chairman. Até hoje, é membro do conselho da Cyrela e da Delta Airlines.

Em 2004, entrou para a Cargill, em Minessota, Estados Unidos. Rial atingiu o posto de diretor de finanças da fabricante de alimentos, de onde saiu em novembro de 2012, quando foi promovido para a presidência da Seara.

Assumiu o cargo de presidente da Marfrig em 2014, substituindo o fundado Marcos Molina. A sua principal função nesse papel era de reestruturar a companhia. Na época, ela sofria com um grande endividamento e prejuízos por conta do impacto cambial.