Queiroz Galvão recebe aval para operar bloco na bacia de Santos

Empresa terá 30% dos direitos de concessão e a operação do Bloco BS-4

Rio de Janeiro – A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou a transferência à Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) de 30 por cento dos direitos de concessão e a operação do Bloco BS-4, na bacia de Santos, anunciou nesta sexta-feira a empresa.

“O Bloco BS-4 representa um aumento expressivo no nosso potencial de produção no médio prazo”, declarou o diretor de produção, Danilo Oliveira.

O bloco na bacia de Santos tem dois campos de óleo pesado, Atlanta e Oliva, que possuem volume total superior a 2 bilhões de barris de óleo in situ e apresenta potencial de descobertas nas camadas do pré-sal, estando próximo a importantes campos como Libra e Franco, segundo a Queiroz Galvão Participações.

A empresa assinou em outubro do ano passado contrato de compra e venda de direitos de 30 por cento do bloco com a Shell Brasil, por 157,5 milhões de dólares.

Os outros participantes do consórcio são a Petrobras, com 40 por cento, e Barra Energia, com 30 por cento.