Produção de aço bruto da Gerdau cai 5% no 3º trimestre

Ao todo, companhia fechou o período com produção de aço bruto em 4,747 milhões de toneladas

São Paulo – A produção de aço bruto da Gerdau (placas, blocos e tarugos) caiu 5% no terceiro trimestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado, para 4,747 milhões de toneladas, informou a empresa, nesta quinta-feira. Em relação ao segundo trimestre, houve recuo de 6%.

Já as vendas de aço no intervalo entre julho e setembro ficaram em 4,774 milhões de toneladas, queda de 2% em relação ao mesmo período de 2011. O volume ficou estável na comparação com o mesmo trimestre do ano.

Do total da produção de aço bruto no período, as operações no Brasil foram responsáveis pelo volume de 1,925 milhão de toneladas, o que significou uma retração de 4% em relação ao registrado no mesmo trimestre de 2011. Já na América do Norte o volume chegou a 1,734 milhão de toneladas, estável na mesma comparação. “No consolidado, a redução da produção no 3T12 em relação ao 3T11 foi reflexo do menor

desempenho das operações (ONs) de aços especiais e Brasil, devido ao menor volume de vendas identificado no período”, destacou a companhia em seu balanço.

Já em relação às vendas no trimestre passado, a Gerdau destaca que as operações da América do Norte foram as únicas que apresentaram crescimento ante o mesmo período de 2011. Lá as vendas de aço somaram 1,768 milhão de toneladas, crescimento de 8% ante o terceiro trimestre do ano passado.

Com isso, o custo das vendas no terceiro trimestre do ano soma R$ 8,6 bilhões, crescimento de 13% em relação ao registrado no terceiro trimestre do ano passado. De acordo com a Gerdau, o aumento do custo de vendas ocorreu devido aos maiores custos das matérias-primas.