Previ manterá ação da BRF no curto e no médio prazos

Objetivo do fundo é dar suporte a decisões do conselho de administração da companhia; impactada por greve dos caminhoneiros e medidas antidumping

Rio de Janeiro – O presidente da Previ, Gueitiro Genso, disse na terça-feira que o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil não tem interesse em vender as ações da exportadora de carne de frango BRF no curto e médio prazos.

O executivo disse que o objetivo da Previ neste momento é dar suporte ao conselho de administração da BRF para que ele possa tomar decisões sobre a estratégia da empresa que teve operações afetadas por uma série de problemas nos últimos meses, incluindo operação da Polícia Federal e greve dos caminhoneiros.

Questionado sobre uma eventual nomeação de Pedro Parente, hoje presidente do conselho da BRF, para a presidência executiva da empresa de alimentos, Genso disse que a escolha do nome caberá ao conselho, mas que, como investidor, ele julgaria ser um “ótimo nome” se viesse a ser o escolhido.