Presidente do Twitter renuncia ao cargo e ações disparam

Dick Costolo renunciou, sob pressão de investidores frustrados pelo lento crescimento e constantes mudanças em seu alto escalão

Nova York – O presidente-executivo do Twitter, Dick Costolo, renunciou ao cargo, sob pressão de investidores frustrados pelo lento crescimento da empresa de Internet e constantes mudanças em seu alto escalão.

Costolo será substituído interinamente pelo cofundador Jack Dorsey.

As ações da companhia subiram 7,7 por cento no after-market. Em comunicado, Costolo disse que era “tremendamente orgulhoso” de seus seis anos no Twitter.

“Eu aprecio profundamente a confiança que o Conselho, a direção e os empregados colocaram em mim nos últimos anos”, disse Costolo. Costolo, que deixará a empresa em 1o de julho, continuará a servir o Conselho, disse a empresa. Dorsey, que continuará como CEO da Square, foi presidente do Twitter entre maio de 2007 e outubro de 2008.

O Twitter tem lutado há muito tempo para ganhar usuários na faixa de outras companhias de mídias sociais como Facebook, Instagram e Snapchat.

A empresa de dados eMarketer projeta que a base mensal de usuários do Twitter irá crescer 14,1 por cento este ano, comparada a mais de 30 por cento há dois anos.