Presidente do PSA promete “acelerar recuperação” da Opel

Carlos Tavares afirmou estar convencido de que a filial europeia da GM "é o melhor parceiro"

Paris – O grupo automobilístico PSA Peugeot Citroën anunciou nesta segunda-feira a compra da Opel/Vauxhall, filial da americana General Motors (GM), em uma operação de 2,2 bilhões de euros, que lhe transformará no “número dois” do setor na Europa.

A compra é composta da aquisição, por uma parte, da Opel/Vauxhall por 1,3 milhão de euros, e por outra da filial financeira da GM na Europa por 900 milhões, detalhou o PSA em comunicado.

O PSA espera – graças a esta aquisição com a qual aumenta sua fração de mercado na Europa para 17% – realizar 1,7 milhão de euros de sinergias anuais daqui até 2026.

O presidente do PSA, Carlos Tavares, que manifestou sua satisfação pelo compromisso com a GM sobre a Opel/Vauxhall, se comprometeu a “continuar o desenvolvimento deste grande empresa e a acelerar sua recuperação”.

Tavares assegurou que sua vontade é tramitar o PSA e a Opel/Vauxhall aproveitando “as identidades das respectivas marcas”, e a esse respeito afirmou que, com os “excelentes modelos” que já desenvolveram ambos grupos para o mercado europeu, está convencido de que a filial europeia da GM “é o melhor parceiro”.