Eletrobras gastará R$ 1,4 bi com programa de desligamento

Programa de Incentivo ao Desligamento (PID), deve envolver de 4 a 5 mil pessoas

São Paulo – A estatal federal de energia Eletrobras prevê despesas de cerca de 1,4 bilhão de reais com seu Programa de Incentivo ao Desligamento (PID), que deve envolver de 4 a 5 mil pessoas, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia, José da Costa Carvalho Neto.

Segundo ele, o valor será provisionado no balanço da companhia deste segundo trimestre, se a aprovação ocorrer ainda em abril. Para o executivo, o programa, que deve ser lançado em abril, se tiver aprovação do Ministério do Planejamento, tem taxa de retorno superior a 60 por cento.

“O custo do PID vai cair todo em 2013 e a parte dos benefícios serão sentidos uma parte em 2013 e principalmente em 2014”, disse Carvalho Neto a jornalistas.

Cerca de 9,6 mil dos 28 mil empregados da estatal são elegíveis ao programa de desligamento e a Eletrobras considera que o custo do PID se pague em pouco tempo. A redução de pessoal deverá ocorrer principalmente nos setores não operacionais.