Prejuízo da Marfrig dispara 687,2% no terceiro trimestre

O resultado passou para R$ 540,0 milhões, de R$ 68,6 milhões no ano anterior

São Paulo – O frigorífico Marfrig anunciou hoje que teve um prejuízo 687,2% maior no terceiro trimestre de 2011 em comparação com o mesmo período de 2010. O resultado passou para R$ 540,0 milhões, de R$ 68,6 milhões doze meses antes. Em relatório de desempenho, a companhia atribui o resultado negativo principalmente aos efeitos não caixa da variação cambial entre 30 de setembro e 30 de junho deste ano.

Por sua vez, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) consolidado do frigorífico teve um aumento de 169,3%, saindo de R$ 236,7 milhões no terceiro trimestre de 2010 para R$ 637,5 milhões. A margem Ebitda cresceu para 11,5%, de 6,2% no terceiro trimestre de 2010.

A receita operacional líquida consolidada ficou em R$ 5,52 bilhões no trimestre encerrado em setembro, 45,1% acima dos R$ 3,81 bilhões do mesmo intervalo de 2010. O resultado financeiro líquido, afetado pelo câmbio, ficou negativo em R$ 1,36 bilhão, 541% a mais que a despesa financeira líquida de R$ 212,0 milhões do terceiro trimestre de 2010.