Pousada do Rio Quente bate taxa de ocupação de novos resorts

Que Sauípe, que nada. O grande sucesso entre os resorts brasileiros no ano passado foi um velho conhecido: a Pousada do Rio Quente

Que Sauípe, que nada. O grande sucesso entre os resorts brasileiros no ano passado foi um velho conhecido: a Pousada do Rio Quente, um conjunto de cinco hotéis e um parque aquático localizado em Goiás.

Funcionando há 12 anos como resort, a Pousada registrou taxa média de ocupação de 71% em 2001, com pico de 98% em julho, enquanto seus concorrentes à beira-mar mantiveram ocupação entre 50% e 60%. O complexo, controlado pelo Grupo Algar, de Minas Gerais, e o Gebepar, de Goiás, faturou 90 milhões de reais em 2001 e atraiu principalmente viajantes da classe B.