Posco ganha contrato no Brasil de US$ 4,3 bilhões

O grupo sul-coreano construirá uma usina siderúrgica no estado do Ceará

Seúl – O grupo sul-coreano Posco Engineering and Construction anunciou nesta sexta-feira ter ganhado um contrato de 4,3 bilhões de dólares com o consórcio brasileiro e coreano Companhia Siderúrgica do Pecem (CSP) para construir uma usina siderúrgica no estado do Ceará (nordeste).

A empresa asiática adiantou, em um comunicado, que assinará nesta sexta-feira o contrato com a CSP, um consórcio formado pelo grupo brasileiro Vale, que detém 50%, pela sul-coreana Dongkuk Steel Mill (30%) e pela Posco (20%).

A fábrica de produção de chapas de aço será abastecida principalmente pela Dongkuk.

Segundo a Posco, trata-se do maior contrato já conquistado por um grupo sul-coreano para a construção de uma usina siderúrgica.

A usina é “um megaprojeto em todos os aspectos e será lembrada como um acordo significativo na história” sul-coreana da construção deste tipo de fábrica, explicou o grupo asiático.