Por dentro do escritório da chinesa Xiaomi em São Paulo

Chinesa começou a operar no Brasil no fim de junho e tem 23 funcionários por aqui. Sua unidade administrativa é marcada pelos ambientes abertos e descolados