PL sobre privatização da Eletrobras pode ser aprovado em 75 dias

Estimativa para o projeto, atualmente em tramitação no Congresso Nacional, foi realizada pelo presidente da companhia, Wilson Ferreira

SÃO PAULO (Reuters) – O projeto de lei sobre a privatização da Eletrobras atualmente em tramitação no Congresso Nacional pode estar aprovado em um prazo de até 75 dias, disse nesta quarta-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira, durante teleconferência com investidores e analistas.

O executivo defendeu ainda que os negócios de geração e transmissão da estatal estão “em muito boa condição” e que a companhia se tornará mais lucrativa e sustentável assim que conseguir concluir a privatização de suas seis distribuidoras de energia, que somaram prejuízo de 1,9 bilhão de reais no primeiro trimestre.

Ele acrescentou que a empresa aguarda posicionamento do Tribunal de Contas da União (TCU) para agendar o leilão de venda das distribuidoras, que poderia acontecer em junho. Nessa hipótese, a assinatura dos contratos para transferência definitiva das empresas para os compradores poderia ocorrer até 25 de setembro.