PIB calculado por Itaú Unibanco caiu 1,6% em maio ante abril

Dentre os dez componentes do "Pibiu", houve declínio em cinco categorias, sendo a maior retração, de 1,5%, apurada em agropecuária

São Paulo – O Produto Interno Bruto (PIB) mensal calculado pelo Itaú Unibanco (Pibiu) registrou queda de 1,6% em maio em relação a abril após ajuste sazonal.

No confronto com o quinto mês do ano passado, o recuo foi de 0,6%. Também houve declínio no trimestre concluído em maio, de 0,8%, na comparação com o primeiro trimestre deste ano.

Para junho, o Pibiu deve mostrar estabilidade. Com isso, segundo o banco, os dados sugerem queda na atividade econômica no período de abril a junho.

Preliminarmente, estima recuo de 0,2% para o PIB do segundo trimestre, depois da alta de 1% no período de janeiro a março deste ano.

Dentre os dez componentes do PIB mensal do banco, houve declínio em cinco categorias, sendo a maior retração, de 1,5%, apurada em agropecuária.

Já o setor da construção civil mostrou expansão de 1,5%.