Petrobras recebe maior multa ambiental já aplicada em Bogotá

A Secretaria Distrital de Ambiente de Bogotá informou que a multa foi aplicada devido a "um derramamento de hidrocarbonetos num posto de gasolina"

A Petrobras terá de pagar 4,474 bilhões de pesos colombianos (1,346 milhões de euros) à cidade de Bogotá, na maior multa por contaminação ambiental já aplicada pela administração da capital da Colômbia. As informações são da Agência Lusa.

Em comunicado divulgado na quinta-feira (17), a Secretaria Distrital de Ambiente de Bogotá informou que a multa foi aplicada devido a “um derramamento de hidrocarbonetos num posto de gasolina”, que afetou uma área residencial no norte da cidade.

“A disputa iniciou-se em 2010, quando um cheiro de gasolina começou a invadir as casas na área. Houve vazamentos nos apartamentos”, lê-se na nota.

No mesmo processo, a empresa Inversiones Rumar deverá pagar 1,718 bilhões de pesos colombianos (517 mil euros). As empresas ainda podem recorrer da decisão.

A Petrobras, que tem estado no centro do maior escândalo de corrupção da história brasileira, registou um prejuízo de 16,5 bilhões de reais (4,5 bilhões de euros) no terceiro trimestre, contrariando a tendência de recuperação do semestre anterior.