Petrobras propõe orçamento de R$ 66,92 bi para 2013

No ano passado, o investimento aprovado para 2012 foi de R$ 58,8 bilhões

São Paulo – O Conselho de Administração da Petrobras proporá em assembleias gerais ordinária e extraordinária, no dia 29 de abril, um orçamento de capital para 2013 de 66,92 bilhões de reais, segundo documento enviado ao mercado na noita desta terça-feira.

No ano passado, o investimento aprovado para 2012 foi de 58,8 bilhões de reais.

Segundo a proposta do conselho, esses investimentos serão atendidos por 15,78 bilhões de reais de recursos de terceiros e 51,14 bilhões de reais de recursos próprios, vindos principalmente dos lucros gerados pelas operações da companhia.

Do total de investimentos, 60,06 por cento destinam-se à área de Exploração e Produção e 30,45 por cento a Abastecimento, os segmentos que tradicionalmente recebem a maior parte dos recursos.

Em seu plano de investimento atualizado recentemente, a Petrobras prevê investir 236,7 bilhões de dólares entre 2013 e 2017.

Dividendos

O Conselho de Administração da Petrobras também proporá para os acionistas que seja destinada a importância de 8,87 bilhões de reais como remuneração aos acionistas a título de dividendos.

Esse montante corresponde a 44,73 por cento do lucro básico para fins de dividendo, no valor de 0,47 real por ação ordinária e 0,96 real por ação preferencial, considerando a quantidade de ações da data da posição acionária utilizada para distribuição.

No ano passado, os acionistas aprovaram proposta de pagamento de dividendos de 12 bilhões de reais relativos ao resultado de 2011.

O lucro anual da Petrobras em 2012 recuou 36 por cento na comparação com 2011, para 21,18 bilhões de reais, configurando o menor resultado anual da empresa desde 2004.