Petrobras: produção cresceu a uma média de 4,2%

Petroleira passou de um patamar de 1,810 milhão de barris para 2,622 milhões de barris por dia

Rio de Janeiro – A Petrobras registrou um crescimento anual de 4,2% em sua produção total de óleo e gás desde 2002, passando de um patamar de 1,810 milhão de barris para 2,622 milhões de barris por dia. A informação foi dada hoje pelo presidente da estatal, José Sergio Gabrielli. O executivo, que deixa o comando da empresa na próxima semana, começou a entrevista coletiva de resultados de 2011 fazendo um balanço do desempenho da Petrobras nos últimos 10 anos.

Gabrielli lembrou que essa expansão permitiu à Petrobras garantir sua autossuficiência, o que reduziu sua vulnerabilidade em relação ao suprimento de petróleo. Pelos dados apresentados por Gabrielli, a empresa registrou uma expansão em sua produção no Brasil de 3,4% ao ano entre 2002 e 2011, pulando de 1,752 milhões para 2,377 milhões de barris.

Ele também disse que a empresa deve chegar a 2014 possivelmente com 37 sondas de perfuração. Ontem, a estatal anunciou a contratação de 26 novos equipamentos para águas profundas, elevando para 33 o número de sondas que serão construídas no Brasil. Gabrielli lembrou que em 2006 a empresa tinha apenas duas sondas em operação, e, em 2007, três.